Tratamento de Lipedema

O tratamento do Lipedema é baseado em 5 pilares, que visam oferecer melhor qualidade de vida ao paciente. O mais indicado é a prática de exercícios físicos, terapia de compressão, dieta, medicamentos que ajudam a aliviar os sintomas e a cirurgia para retirar o excesso de tecido gorduroso. Assista ao vídeo e veja mais detalhes com o Dr. Alexandre Amato (108651).

–transcrição–

Olá! Sou o doutor Alexandre Amato, cirurgião vascular do Instituto Amato e hoje vamos falar sobre outros aspectos do lipedema.
A história de quem tem o lipedema muitas vezes é dramática porque não existe um exame único que se faça e que determine a existência do lipedema. Então não tem um exame de sangue, não tem um exame de imagem. E acaba sendo um diagnóstico por exclusão.
Isso quer dizer que muitas pessoas passam a vida toda indo de médico em médico sem ter o diagnóstico do lipedema. E isso traz algumas angústias, algumas dificuldades. São pessoas que muitas vezes tiveram durante a vida tentativas de dieta, de exercício físico para perder peso, via a dificuldade, não conseguia perder o peso e em algum momento acaba desistindo desse tratamento e aí acaba tendo outro problema que é a obesidade.
Então essa sequência pode ocorrer, paciente com lipedema e que acaba tendo a obesidade depois, não por causa do lipedema, mas simplesmente porque deixou de se cuidar.
Agora a pergunta principal é: qual que é o tratamento do lipedema? O tratamento é baseado em cinco pilares. São os cinco pontos principais, não existe um remedinho milagroso, a gente tem que mudar vários aspectos.
O primeiro deles é exercício físico. É necessário fazer exercício físico, mesmo com a dificuldade da perda da gordura em membros inferiores, o exercício físico é muito importante. A terapia de compressão, elassocompressão, inelástica, elástica, tudo isso orientado pelo médico, pode auxiliar. A dieta também é muito importante. O medicamentoso, existem medicamentos que podem melhorar os sintomas e muitas vezes atingindo o objetivo. Mas também existe o tratamento cirúrgico. O tratamento medicamentoso não retira a célula doente. A única maneira de se retirar a célula doente é com a cirurgia. Então é possível cirurgicamente diminuir a quantidade desse tecido gorduroso, pode haver uma melhora estética, mas o objetivo para quem tem lipedema não é o tratamento estético, único e simplesmente, mas sim a diminuição dos sintomas que o lipedema acarreta, principalmente a dor, o inchaço e muito mais.
Então, qualquer dúvida nós estamos à disposição. Se você gostou desse nosso vídeo, curta e siga nosso canal no YouTube. Obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *