Recuperação da cirurgia de hérnia de disco

O Dr. Marcelo Amato (CRM 116579), neurocirurgião, explica no vídeo como é o processo de recuperação de uma cirurgia de hérnia de disco, feita desde técnicas pouco invasivas até procedimentos sem necessidade de cortes, por meio de laser e radiofrequência.

**transcrição**
Olá, eu sou o Dr. Marcelo Amato, neurocirurgião do Instituto Amato e hoje nós vamos falar de como que é a recuperação da cirurgia de hérnia de disco. Inicialmente é importante a gente entender qual será o procedimento a ser realizado, a hérnia de disco é utilizada como sinônimo para diversas situações de desgaste da coluna ou de mal funcionamento do disco e dependendo da técnica a ser utilizada a recuperação é diferente. No caso da hérnia de disco simples em que a cirurgia é minimamente invasiva como, por exemplo, a cirurgia endoscópica da coluna pode ser realizada o procedimento ele é de pequeno porte, ambulatorial, realizado em menos de uma hora e logo depois da cirurgia duas, três horas depois da cirurgia o paciente vai para casa, esse dia que ele vai para casa vai ficar mais em repouso e dependendo da atividade que o paciente exerce, por exemplo, se trabalhar no computador no dia seguinte provavelmente ele já estará apto a trabalhar, a voltar ao seu serviço, se for um esportista ou fizer algum tipo de esforço físico no trabalho a situação vai precisar ser individualizada e talvez o paciente precisa necessite de algumas sessões de fisioterapia antes que volte totalmente as suas atividades. O corte realizado para cirurgia endoscópica é cerca de um centímetro a um centímetro e meio e a síntese da pele realizada com dois pontinhos, esses pontos eles não incomodam como alguns pacientes ficam preocupados e geralmente no primeiro retorno com sete a dez dias esses pontos são retirados ou muitas vezes eles caem sozinhos. Nesse primeiro retorno a situação de cada paciente é individualizada e na maioria das vezes nós iniciamos um trabalho de reabilitação com o auxílio da fisioterapia, essa fisioterapia ela é importante não só para que o paciente atinja a melhora esperada aí de 100% do quadro atual de dor, mas também no sentido de prevenção de novos problemas, então, mesmo que o paciente não esteja sentindo dor nenhuma no momento da fisioterapia ele vai fazer algum trabalho de reeducação postural, de incluir hábitos saudáveis para sua coluna como, por exemplo, a prática de exercícios físicos. Hoje era isso que eu tinha para falar para vocês e se vocês tiverem interesse nesse assunto ou em outros procure os nossos de vídeos e nossos textos nas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *