O frio e o coração: Dra. Marisa Amato

Pessoas com colesterol elevado, obesos, diabéticos, hipertensos e até mesmo pessoas que não tem fatores de risco podem sofrer com dores e outros problemas causados pelo frio. A Cardiologista Dra. Marisa Amato (CRM 30400) e o Cirurgião Vascular Dr. Alexandre Amato (CRM 108651) falam sobre o tema no vídeo, confira!

***Transcricao****
Olá, eu sou a doutora Marisa Amato, eu sou cardiologista do Instituto Amato. E hoje nós vamos falar sobre o frio e o coração.
Já foi falado no vídeo recentemente no nosso canal do fenômeno de Raynaud, que é desencadeado pelo frio então eu sugiro que dê uma olhada. Mas outro aspecto são as doenças ateroscleróticas, que são as placas nas artérias então quem tem a doença arteriosclerótica afetando as artérias das pernas, pode ter a clara indicação que é a dor ao caminhar. Com o frio chegando as artérias sofrem com o vasoespamo, elas acabam se fechando dificultando a chegada do sangue e do oxigênio na periferia, essa dificuldade acaba limitando a disponibilidade do oxigênio e as pessoas têm dor. Então, quem tem a doença arterial obstrutiva periférica acaba tendo no frio um vaso de espasmo e esse vasoespamo piora a situação causando a piora da dor. Então, a dica para quem tem doença aterosclerótica e está no frio como todo mundo aqui, o recomendado é manter as periferias sempre aquecidas então uso de luvas, uso de meias aquecidas.
É sabido que no inverno a incidência de infarto aumenta em torno de trinta por cento e de acidente vascular cerebral em torno de vinte por cento, e por que isso acontece? Porque no frio o organismo tenta se defender da temperatura baixa e há uma descarga de catecolaminas que fazem com que a pressão arterial aumente, a frequência cardíaca aumentem e isso para pessoas que já têm um risco aumentado, ou seja, aquelas pessoas que têm o colesterol elevado e têm placas de ateroma nas artérias, para as pessoas obesas, para os diabéticos e para os hipertensos, quando a pressão arterial aumenta mais ainda, essas placas podem se romper e acabam levando a um infarto ou ao derrame cerebral. É muito importante então se proteger para não correr risco desnecessário inclusive as pessoas que não têm esses fatores de risco também são suscetíveis a ter um problema desse tipo. Além da pressão arterial que é um fator importante, determinante nessas alterações, o diabético também tem um risco muito grande, porque ele pode diminuir a circulação dos membros inferiores. Então, o que recomenda-se, no frio muitas vezes o dia está lindo, maravilhoso, propicio para uma caminhada ao ar livre, mas atenção é preciso de agasalhar, porque o vento frio pode levar a esses problemas que acabamos de falar. Outro habito interessante para o inverno é tomar chá quente, sopa quente, alimentos quentes e até mesmo uma taça de vinho que ajuda a relaxar e dilatar todas as artérias. A informação era essa e quem quiser saber mais a respeito do frio e do coração, acesse nossas redes sociais. Obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *