Cirurgia plástica para retirar excesso de pele

Esta cada vez mais frequente pessoas que perdem muito peso, seja com auxilio de cirurgias, medicações ou dietas. Com isso cada vez mais está aumentando procedimentos cirúrgicos, como abdominoplastia, mamoplastia, cruroplastia e braquioplastia para melhorar qualidade de vida desses pacientes. Assista ao vídeo e veja mais detalhes com o Dr. Fernando Amato (CRM 133826).

—-transcrição–
A maioria da população está no sobrepeso, sendo que mais que 20% dela já é obesa. A obesidade é um dos principais fatores de risco para diabetes e hipertensão. Com o objetivo de evitar complicações da obesidade, a cirurgia bariátrica vem crescendo muito.
Então agora temos muitos pacientes ex-obesos com grandes perdas ponderais, seja ela pela cirurgia bariátrica ou até mesmo por dieta e esses pacientes que sofreram essas grandes perdas começam a ter sequelas, que é o excesso de pele no corpo. Esse excesso de pele no corpo aparece principalmente no abdome, sendo a principal região tratada.
O tratamento do abdome é a abdominoplastia e ela pode ser feita com uma cicatriz tradicional, que é horizontal ou pode ser feita a dermolipectomia em ancora, que é mais utilizada nesses pacientes com grandes perdas de peso.
A segunda cirurgia mais realizada nesses pacientes é a mamoplastia. Ela pode ser uma mamoplastia redutora, pode ser uma mastopexia, em que a aureola perdeu a posição, então tem que se fazer o reposicionamento. E tem também a mamoplastia de aumento, que é só colocação de prótese.
Outra cirurgia muito realizada é a braquioplastia, que é a cirurgia plástica nos braços, que pode ser feita com lipoaspiração, lipoaspiração associada a uma ressecção de pele e essa ressecção de pele pode ser feita tanto longitudinal, como longitudinal com um pouquinho de ressecção na axila ou também, em alguns casos mais selecionados, com ressecção de pele somente na axila.
A cruroplastia é a retirada de pele nas coxas. Então uma região que concentra pele e gordura após essas perdas de peso é a região da face interna da coxa. Assim existe a cruroplastia e essa cruroplastia pode ser feita com lipoaspiração associada à ressecção de pele e ela pode ser em T, pode ser longitudinal ou pode ser num formato de L invertido, conhecido como bumerangue.
Além disso, existem outras regiões que são tratadas, como a região do dorso e a região glútea. Essa grande perda de peso, perda de volume, não ocorre somente nessas regiões, ocorre em todo o corpo. Então existem outras regiões que podem sofrer alterações e precisar de tratamento. Um outro exemplo é a face.
Era isso que eu tinha para falar sobre cirurgia nos pacientes ex-obesos. Caso queira mais informações, acompanhe nossos vídeos. Obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *