Tratamento Inelástico Para Edema Linfático

  • por

Novos dispositivos para o tratamento de linfedema no Brasil. O Dr. Alexandre Amato, cirurgião vascular do Instituto Amato (www.amato.com.br) explica como usar os dispositivos de velcro.

00:00 Dispositivos de velcro para tratar linfedema
01:00 Contra indicação e indicação de uso
02:00 Como colocar o dispositivo de velcro: primeiro modelo (ReadyWrap – Lohmann & Rauscher)
04:00 Como colocar o dispositivo de velcro: segundo modelo (Medi)
06:00 Como retirar o dispositivo
06:18 Conclusão

O Prof. Dr. Alexandre Amato (CRM108651) é professor de cirurgia vascular da UNISA e chefe da cirurgia vascular do Instituto Amato (www.amato.com.br). Cirurgião Vascular e Varizes👨‍⚕Especialista em Lipedema, Doutor (PhD) pela USP🎓Médico Assist. Hosp. San Raffaele – Milão 2008 🇮🇹 Prof. da UNISA👨‍🔬📞11 50532222
Escreveu vários livros (http://bit.ly/3abqUOS), e está dando esse de presente para você:

http://bit.ly/HistoriaCirurgia, aproveite
Siga no Facebook: http://bit.ly/2QIz35A
Instagram: http://bit.ly/dr_amato
Twitter: http://bit.ly/2scWbQ6
LinkedIn: http://bit.ly/35KxJU3
WhatsApp: (11)933183661 ou pelo link http://bit.ly/2RchoCt

Quer ver o Currículo Lattes dele? http://bit.ly/2tPRA6Y

Estamos à disposição na Av Brasil, 2283. Tel 11 5053-2222 ou WhatsApp 11 93318-3661.

Website: www.amato.com.br

Estamos à disposição na Av Brasil, 2283. Tel 11 5053-2222 ou WhatsApp 11 93318-3661.
Não perca essa dica! https://www.youtube.com/watch?v=SeJy7ycdcfM

— transcrição —

[00:00:00] Sou o Dr. Alexandre Amato cirurgião vascular do Instituto Amato e hoje vou falar sobre os dispositivos de compressão inelástica com velcro. Já existem alguns nomes no mercado brasileiro que tem uma eficácia e são bem úteis no tratamento de linfedema, e  edemas venosos.

[00:00:18] A utilização é bem diferente da meia elástica. Eles funcionam de uma forma diferente. Então use dispositivos de velcro, por serem inelásticos. Eles não mantêm uma pressão constante no repouso ou então eles funcionam durante a caminhada durante a movimentação. Os dispositivos são fáceis de serem utilizados e estão disponíveis para a perna, coxa, pé, braço. Cada modelo e empresa fez isso de uma maneira um pouquinho diferente. O que a gente vai mostrar como é que funciona. Alguns vêm com uma meia, um tecido pra colocar embaixo no dispositivo de velcro para proteção da pele. Então isso pode ser utilizado também. Isso é completamente elástico.

[00:01:08] Isso aqui não vai causar compressão nenhuma. Os dispositivos eles não podem ser utilizados em pacientes que estejam em vigência de uma infecção ou de uma oclusão arterial e devem ser indicados pelo cirurgião vascular.

[00:01:24] A ideia é ao adquirir um equipamento desse é trazer para o cirurgião vascular que ele vai mostrar a forma adequada de uso. A definição da pressão aplicada: alguns modelos possuem marcas que facilitam a definição da pressão com o uso de réguas. Outros modelos não têm essa esse tipo de marca. Então vai ser mais no tato ou no feeling. Mas todos têm uma boa eficácia no tratamento linfático. Então vamos lá.

[00:02:02] Esse aqui é o dispositivo de velcro da Lohmann Rauscher então ele funciona da seguinte forma A compressão é inelástica. Ele tem uma baixíssima elasticidade. Há um tecido que tem pouca elasticidade. Então como que funciona. Isso aqui existe para a perna para o braço para coxa pé.

[00:02:25] Esse modelo aqui é de perna. A gente vai prendê lo com um velcro atingindo que a compressão  esperada. Pode ver que tem um velcro que vai prender nele mesmo. E tem esse outro velcro que vai puxar do outro lado, o velcro total está no lado contra lateral vai puxar aqui.

[00:02:47] Aqui é um invertido esse pequenininho para prender no de baixo. E esse grande para prender no de cima o velcro pequenininho para prender no de baixo. A gente traciona é o grande para prender no de cima é aqui também o pequenininho para prender no de baixo e grande para prender no de cima.

[00:03:03] Dessa forma a gente tem uma compressão inelástica. Não pode ficar doendo. Isso é muito importante. Tem que ficar na compressão adequada que o seu cirurgião vascular vai indicar qual o que é. Mas o que serve pra todo mundo é que: não tem que machucar. Isso aqui tem que ser confortável. Ele funciona durante a movimentação. Se você coloca uma compressão inlástica e fica parado ela não vai ter efetividade no aumento do retorno venoso. Mas quando a gente coloca uma compressão inelástica e faz a movimentação diárea. A tendência é diminuindo o edema. Para retirar é simples só soltar o velcro.

[00:03:51] É ta aqui fácil de ser colocado e retirado.

[00:03:54]  Esse aqui é outro modelo de compressão elástica. Esse aqui é da empresa MEDI. O Circaid,  ele também é um dispositivo de velcro. O princípio parecido é um tecido um pouco elástico. Então ele vai ter uma compressão parcialmente elástica parcialmente inelástica.

[00:04:16] Ele vem junto com esse outro tecido aqui, que serve para aumentar a compressão no pé. Então funciona da seguinte maneira. Vai vestir assim. A parte menor fica para baixo. Também tem modelo para perna, braço, coxa.

[00:04:44] E a gente vai prender aqui de forma semelhante.

[00:04:48] Então a gente vai puxar o de baixo. Puxa de cima. Puxa de baixo. Esse modelo, ele vem com essas marquinhas, essas mariquinhas a gente consegue usar uma régua que vem junto com o kit também. E a gente vai medir a quantidade de pressão que a gente tá aplicando. Então coloca aqui coloca, que coloca aqui, e coloca aqui e coloca aqui. Pode até arrumar isso aqui fazendo uma segunda passada, pra não ficar incomodando essas dobrinhas lembrando sempre de verificar com a régua que vem no kit, a pressão que está sendo aplicada mediante a medida desses dois pontinhos aqui em todas as tiras então  esse outra modelo de compressão inelástica. E pra tirar, é bem fácil, só soltar o velcro novamente.

[00:06:07] Não pode usar em uma perna com infecção, não pode usar numa perna com insuficiência arterial.

[00:06:13] Concluindo os dispositivos de velcro são uma ferramenta bem útil no tratamento dos edemas.

[00:06:23] Deve ser acompanhado pelo cirurgião vascular. Não é o tratamento para todo mundo. Então, por favor, converse com seu cirurgião vascular para avaliar a possibilidade no seu caso não saia usando por automedicação.

[00:06:38] Eles são dispositivos um pouquinho mais caros do que meia  elástica comum mas a forma de uso até o tempo de uso é maior. Então a utilidade é diferente. Então a ideia que ele vai se adaptando à medida que é a perna vai desinchando, enquanto uma meia elástica não é capaz de ter essa adaptação.

[00:07:03] Além de ela não conter o novo inchaço, então os dispositivos inelásticos eles vão diminuindo a sua circunferência e contém o crescimento de novos edemas. Gostou do nosso vídeo? Compartilhe! Inscreva-se no nosso canal. Clica no Sininho pra receber as notificações e até o próximo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.