O Uso da Meia Elástica na Insuficiência Venosa: Dr. Alexandre Amato

A Meia Elástica não serve para fazer com que as varizes desapareçam e sim para diminuir a sensação de dor, de peso e de cansaço. Confira informações e dicas com o Cirurgião Vascular Dr. Alexandre Amato (CRM 108651) sobre o uso da meia na insuficiência venosa. Saiba mais no vídeo!

****Transcrição****
Olá, sou doutor Alexandre Amato, cirurgião vascular do Instituto Amato, e hoje nós vamos falar sobre um ponto muito importante do tratamento da doença venosa. Quando a gente fala de doença venosa estamos falando de insuficiência venosa, varizes, ulcera venosa, todos os aspectos da doença venosa. E em muitas vezes o tratamento com o uso da meia elástica é uma das opções, é uma das opções ou pode ser também um coadjuvante no tratamento então, é importante entender a meia elástica. E é muito frequente o paciente que tenta usar e não dá certo então ele vem com a reclamação e que não conseguiu usar, que é muito ruim a meia elástica, que ele não vai usar nunca mais na vida dele, mas muitas vezes isso ocorre por uma falha, uma falha na expectativa então, o paciente que espera usar uma meia elástica e fazer as varizes desaparecerem ele está com a expectativa errada. A meia elástica a terapia de compressão elástica ela serve para diminuir os sintomas então ela vai diminuir a sensação de dor, vai diminuir a sensação de peso, de cansaço nas pernas e vai auxiliar no retorno venoso comprimindo o sistema venoso superficial e direcionando o sangue para cima. Então, vamos entender primeiro o limite da meia elástica, a meia elástica não vai fazer nenhuma veia desaparecer, não vai melhorar em nada o aspecto estético das pernas, mas vai evitar ou pelo menos diminuir a velocidade de progressão da doença e vai evitar que chegue nas fases mais avançadas então, essa é a função da meia elástica, além da prevenção de da profilaxia. Quando a gente fala de meia elástica então o paciente pode ter uma experiência previa ruim, essa experiência previa ruim pode ter sido pelo uso errado da meia elástica. Em primeiro lugar nós temos meias de varais qualidades no mercado então o uso de uma meia de baixa qualidade pode trazer prejuízo para o paciente então pode ser um tecido muito grosso muito difícil de usar. Outro é o uso errado a meia comprada de forma errada então pode ser uma de baixa, média, alta compressão e ele pode ter comprado uma que não é adequada para ele, por isso a meia elástica tem que ser prescrita pelo cirurgia vascular que vai indicar qual que é a meia adequada para a fase da doença, para situação do paciente naquele momento, existem vários tamanhos de meias, meias 3/4, meias 7/8, meia calça, o tamanho também deve ser prescrito pelos eu cirurgião vascular. Ao comprar a meia também é muito importante entender que as pessoas têm pernas de tamanhos circunferências diferentes então as meias que oferecem maior variedade de tamanhos elas têm mais chance de se adaptar ao paciente então, as meias que tem poucas variação no seu tamanho, o paciente que tem que se adaptar a ela, isso quer dizer o que? Quer dizer que não é fácil comprar uma meia elástica então para acertar a meia elástica você tem que ter a perna medida com a fita métrica, isso tem que ser colocado numa tabela em que vai ver o exato modelo que vai oferecer aquela compressão solicitada pelo cirurgião vascular na sua perna, essa meia não vai funcionar para outra pessoa, em outra pessoa ela pode comprimir mais ou comprimir menos ou pode acabar garroteando, garroteando, apertando uma parte da perna e isso é uma catástrofe, uma meia elástica não pode garrotear, isso a gente tem que evitar ao máximo. Uma outra queixa frequente é a dificuldade para se colocar uma meia elástica, obviamente uma meia de leve compressão é mais fácil de colocar, uma meia de alta compressão é muito mais difícil. Dependendo da idade do paciente a meia pode ser mais difícil de colocar também, por isso existem os auxiliadores, nós temos esses colocadores de meia que podem facilitar nesse processo, você veste essa gaiola e ai depois usa a gaiola para vestir a perna de forma relativamente fácil. Existem tecidos diferente nas meias também então tecidos mais grossos, tecidos mais finos e que pode dar mais conforto ou menos conforto, existem também meias masculinas, meias femininas. Uma outra queixa também é a estética da meia, ah, a meia é muito feia, essa aqui é uma meia relativamente feia o tecido é mais grosso, mas existem meias de compressão semelhante que são mais finas e esteticamente adequadas para as mulheres. Existem meias próprias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *