Inseminação Intrauterina: Dra Juliana Amato

A fertilização intrauterina é um procedimento indolor realizado em consultório, ambulatorialmente, após o preparo do sêmen em laboratorio de infertilidade especializado. Em geral, neste procedimento, recomenda-se também o estímulo da ovulação na mulher como forma de potencializar os resultados. A taxa de sucesso da inseminação artificial depende muito das causas de infertilidade diagnosticadas. É essencial a permeabilidade em pelo menos uma das trompas, assim como um número mínimo de espermatozoides, para que a técnica funcione. Confira mais sobre o assunto com a ginecologista e obstreta dra. Juliana Amato (CRM 106.072), no vídeo!

Leia também sobre a inseminação intra uterina no link https://fertilidade.org/content/insemina%C3%A7%C3%A3o-intra-uterina-0

*Transcrição
Olá, eu sou Juliana Amato, eu sou ginecologista obstetra especializada em reprodução assistida. E hoje falaremos um pouquinho de tratamento de baixa complexidade, como a inseminação intrauterina. O tratamento ele consiste na indução da ovulação, que é realizada com hormônios, esses hormônios são injeções que a paciente se aplica todos os dias e a cada 2 a 3 dias ela tem que vir ao consultório fazer um controle ultrassonográfico. A partir do momento em que se esses ovários está pré-ovulatório, vai se tomar um segundo tipo de hormônio que vai fazer ela ovular 36 horas depois dessa medicação. É aí que a gente manda preparar o sêmen do marido, introduz esse sêmen dentro do útero da mulher para que ocorra a fertilização já dentro do útero no período ovulatório. Para saber mais sobre esse assunto é só acompanhar as nossas redes sociais entrar no nosso site estarei sempre à disposição para eventuais dúvidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *